"Todo Mundo pode fazer História, só um grande homem pode Escrevê-la"

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Louis Lower o primeiro DeMolay no mundo

Postado por Neto 23:49 | 1 comentário

Louis Gordon Lower nasceu em 2 de fevereiro de 1902. À idade de dezessete, Lower foi apresentado a Frank S. Land. Louis estava procurando um trabalho para ajudar nas finanças da família, mas o comportamento dele despertou o interesse Land. Logo depois Land sugeriu a Louis se ele poderia lhe ajudar a organizar um clube para jovens, uma organização para encorajar e dar direção aos jovens como ele.

Dentro de alguns semanas, a primeira reunião não oficial da Ordem DeMolay aconteceu no Templo do Rito Escocês na Cidade de Kansas. Louis foi o primeiro DeMolay a ter sua patente, emitida pelo Capítulo de Mãe, é 5 de outubro de 1919 datado e assinado por Frank S. Land. Louis também foi o primeiro membro da Legião de Honra e o primeiro Chevalier.

Por 1943, Louis, era funcionário da cidade bem conceituado, era o Diretor do Auditório Municipal. Em 18 de julho de 1943, Louis Lower foi assassinado fora da Estação de Bonde. Ele tinha parado para questionar um guarda de segurança bêbedo que estava dirigindo o tráfego em uma interseção abarrotada de uma rua. Quando Louis fora inspecionar o distintivo do guarda, este deliberadamente atingiu Louis com um tiro no tórax. Ele tinha quarenta e um anos de idade. Ele foi socorrido pela sua esposa a Sra. Dazie B. Lower, Fredonia Lower , Sra. J.E. Wasson, e o seu irmão Elmer W. Lower.

Louis Lower era um homem de ideais. Ele os manteve o momento de sua morte. Alguns eram sonhos de juventude quando ele era um DeMolay ativo do qual nunca deixou de ser.

A morte dele era uma perda profunda a Ordem DeMolay, especialmente a Frank S. Land que o tinha como um filho.

"Ele era um símbolo para milhões de jovens dos ideais e ensinos de nossa Ordem. Ele usou o manto da Ordem com dignidade e graça. Ele nunca esqueceu da responsabilidade que tinha adquirido. As éticas de liderança ensinadas na Ordem DeMolay floresceram em incontável campos de empenho. Ele era um homem de ideais... Ele amou Deus, a sua casa, e o seu país. Ele era um cavaleiro errante na vida diária embora ele nunca admitisse mas estava sempre lá.

"Louis Lower não era somente o primeiro DeMolay no mundo, mas também o primeiro Chevalier e o orimeiro membro da Legião de Honra. Ele era um símbolo dos ideais e ensinamentos de nossa Ordem." Disse Land.

sábado, 29 de janeiro de 2011

O papel de um DeMolay

Postado por Neto 11:13 | Nenhum comentário


Alguns homens famosos tem se beneficiado de seu ingresso na Ordem DeMolay, incluindo o Presidente dos EUA, Bill Clinton, John Waine, Walt Disney, Dan Rather, e alguns outros. Nos tempos decisivos da vida, cada um desses homens (e milhares de outros grandes líderes) possuíam os valores, dedicação e auto-estima que fazem parte da Ordem DeMolay. E, todos compartilharam esta diversão. Isto tem induzido alguns a perguntar através dos anos, "a situação da Ordem DeMolay gera grandeza, ou ela é grande por destino?" Ambos os caminhos, será que ela será a mesma coisa se você não vir a se associar com ela? DeMolay vigorosamente encoraja pensamentos originais, planos criativos, responsabilidade na tomada de decisões e ação cooperativa.

DeMolay proporciona uma atmosfera que dá a você chances de ter sucesso... bem como fazer amizades e aprender com os erros. Para tirar proveito, você deve preparar-se para participar e se envolver, porque, como um DeMolay, você faz parte de uma organização muito especial. Você terá a oportunidade única de experimentar uma variedade de atividades, em caminhos que simplesmente não são possíveis apenas em sua escola, clube, igreja e vida familiar. Por exemplo:

Atléticas

Diversão e bom condicionamento físico, essas atividades são um grande caminho para aprender trabalhar em conjunto, ser paciente, e os valores da competição e espírito esportivo.

Social

DeMolays freqüentam casual e formalmente festas e danceterias. Isto proporciona uma grande chance para se divertir, namorar, ou mesmo encontrar novos amigos.

Serviço Comunitário

DeMolay dá oportunidade para você fazer alguma coisa para sua comunidade. Ajudar uma família necessitada, ou fazer uma criança desesperançada a sonhar verdadeiramente. DeMolay dá oportunidades que você não encontra em outras organizações.

Auto Expressão

Há algumas oportunidades na DeMolay para desenvolver sua criatividade e escrever textos; conversar e desenvolver habilidade dramática, bem como a prática de outros talentos artísticos ou criatividades interessantes.

Cerimônias e Observâncias

Diferente de algumas outras organizações juvenis, DeMolay dá a chance para participar em inspiradas e significativas cerimônias para a construção de uma fundação de valores morais e espirituais que permanecerá até o final de sua vida DeMolay também tem observâncias especiais chamadas "dias obrigatórios" que dá ao jovem tempo para observar aspectos importantes das personalidades, famílias e comunidade.

Reuniões Capitulares

As reuniões regulares do Capítulo envolveram você nos trabalhos do Capítulo. Você discutirá idéias e será ouvido nos debates do Capítulo. Essas reuniões incluem programas educacionais, atividades sociais e iniciação de novos membros.

Liderança no Capítulo

Você também terá a oportunidade de ser um líder em seu Capítulo. Você poderá servir como um Oficial Eleito ou nomeado. Você aprenderá a comandar por experiência, desenvolvendo prática em dinâmica humana, gerenciamento, orçamento, procedimentos parlamentares, comunicação efetiva, trabalho comunitário e liderar outros por seu próprio exemplo.

Ritual

O Ritual DeMolay é outro importante caminho para participar em nossa fraternidade. O Ritual nos faz especial. Enquanto outros grupos jovens podem ter cerimônias, nenhuma é mais bonita ou tão impressionante quanto as que você encontra na Ordem DeMolay. Você terá a chance de participar e executar Cerimônias para outros, então com essas lições especiais eles podem ensinar passando-as para novos membros do Capítulo. Você pode querer uma parte com fala ou não, um grande discurso ou um pequeno papel, há alguma coisa nas Cerimônias DeMolays.

Há um consagrado grupo de Oficias e membros para executar nosso cerimonial de graus em uma conduta elevada. Esta especial marca de trabalho em conjunto é uma qualidade comum nos Capítulos DeMolay. Trabalhando com voluntários adultos - Maçons e outros voluntários adultos servem como "Conselheiro" para cada Capítulo DeMolay. Você terá a oportunidade de trabalhar com esses líderes da comunidade, e se interar com eles nas atividades. Eles fornecem seus talentos e experiências para ajudar você e outros jovens na DeMolay por sua experiência. Alguns podem também carregar com eles os princípios e tradições da Maçonaria, no qual nossa Ordem foi fundada. Alguns Conselheiros são membros exemplares. Por causa da sua dedicação e devoção pela fraternidade, eles dedicam parte de seus tempos pela DeMolay.




quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Foram-se as Sete Virtudes

Postado por Neto 23:17 | Nenhum comentário

ERA UMA VEZ AS SETE VIRTUDES CARDEAIS

A vela do companheirismo vagando sozinha pela rua sem imaginar como ela havia conseguido se perder das outras virtudes, andando pela rua, ela encontra a vela do amor filial, que estava desonrando seus pais, agredindo-os verbalmente e fisicamente, então a vela do companheirismo, pasmou-se ao ver aquela cena, e perguntou a si mesma, onde estão estes tais de DeMolay’s, que deixam que a beleza, a radiação, a intensidade e a luz desta vela se apaguem?

No outro dia, relembrando o que havia acontecido ontem, andou pela rua, foi em frente a uma igreja, e lá entrou e se sentou para assistir a um culto ecumênico, quando se senta, depara-se com a vela da reverência pelas coisas sagradas em seu lado, escutando música, mascando chiclete e jogando no celular, enquanto o culto passava. Então ela perguntou a si mesma, onde estão estes tais de DeMolay’s, que deixam que a reverência por tudo que é sagrado, independente de qualquer religião ou credo, acabe?

No dia seguinte, caminhando pelas ruas, via a vela da cortesia, destratando um pobre morador de rua, que simplesmente pedia a ela, que repartisse o sanduíche que estava comendo, a vela respondeu ao morador de rua, você, sujo e mendigo, acha que irei repartir meu alimento com você? Então, a vela novamente pasma com esta situação, perguntou a si mesma, onde estão estes tais de DeMolay’s, que pregam a cortesia, educação, ajuda ao próximo sem receber nada em troca?

No quarto dia encontrou a vela da fidelidade, que andando pelas ruas em cima de um caminhão, dizendo que iria revelar todos os segredos da Ordem DeMolay, em troca de um pagamento atraente. Então a vela percebendo que estava chegando ao fundo do poço, perguntou a si mesma, onde estão estes tais DeMolay’s, que prometem ser fieis, guardar todos os segredos confiados pela Ordem?

No quinto dia já triste, encontra a vela da pureza, se envolvendo com tudo que avilta e depõem contra a juventude, zonas, bagunças, bebedeiras, tudo que envergonha a imagem de uma pessoa. Então, novamente, perguntou a si mesma, onde estão os DeMolay’s que eram para ser puros, e ficar longe de tudo que avilta e depõe contra a juventude?

No sexto dia quase estourando de tristeza, encontra a vela do patriotismo, vendendo ingressos de futebol, hasteando a bandeira de um time de futebol, acima da bandeira nacional. Então meu amigo, a vela do companheirismo, pergunta novamente a si mesma, onde estão estes DeMolay’s, que deveriam amar e honrar sua pátria, talvez, se preciso fosse, servindo-a o sacrificando-se por ela?

No sétimo e último dia, fez uma pequena reflexão, "Cada DeMolay, traz dentro de vosso coração uma chama, um facho para vos guiar através da escuridão. Se puderdes fazer esta luz brilhar sobre outra pessoa, se puderdes penetrar nas profundezas mais recônditas de sua alma, e acender a chama que ali está, então aí reside a finalidade da Ordem DeMolay, ali está a vossa finalidade de viver." Então, ela pensou, não importa o Supremo Conselho o qual estamos submetidos, não importa qual capítulo, não importa qual grau você é, não importa se é um oficial, o importante é sermos leais aos ideais de Amor filial, Reverência pelas coisas sagradas, Cortesia, Companheirismo, Fidelidade, Pureza e Patriotismo, para ser útil a sociedade, não é preciso ser um DeMolay, mas para ser um DeMolay, temos que ser úteis a sociedade, apesar de sermos DeMolay’s, temos que ter uma 8ª vela, que só alguns possuem-na no coração, que se chama HUMILDADE.

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

100 DeMolay's

Postado por Neto 09:35 | Nenhum comentário


De cada 100 jovens que ingressam na Ordem DeMolay, cinco dos 100 se tornarão Mestres Conselheiros de seus Capítulos. E pelo menos um deles dirá mais tarde que valorizou essa experiência tanto quanto seu diploma universitário. Oito ou mais dos 100 concluirão o ensino superior.
Muitos dos 100 encontrarão suas vocações através do envolvimento DeMolay, nas áreas relacionadas às barras de mérito. DeMolay tem produzido um bom número de homens, que depois de servir como Capelães de seus Capítulos, tornaram-se ministros ou pastores. Nessa mesma linha, diversos desses 100 DeMolays serão previamente apresentados a alguma forma de religião por ajudar alguma igreja ou templo através de uma atividade do Capítulo.
De cada 100 jovens que se tornar um DeMolay, trinta a abandonarão em seu primeiro ano. Talvez isso possa ser considerado um fracasso. Mas mais tarde na vida, a maioria deles se lembrará que já foram DeMolays e falarão bem do programa e as lições que a Ordem ensina.
De cada 100 DeMolays, raramente vai haver um que comparecerá perante um juiz da vara da infância e da juventude ou que terá qualquer problema com a lei. Na verdade, a Ordem DeMolay produz um grande número de advogados. E, embora as porcentagens não são conhecidas, muitos dos 100 se juntarão às forças armadas. Cada um dos 100 aprenderá algo na Ordem DeMolay e a maioria será beneficiada a partir de sua associação com a Fraternidade. Novamente, as porcentagens não são conhecidas, mas um número considerável dos 100 também vai iniciar numa Loja Maçônica mais tarde na vida. Dos 100 que se juntarem a Maçonaria, muitos vão servir como líderes de organizações maçônicas.
Alguns dos 100 são filhos de mães solteiras, divorciadas ou viúvas e vêem em seus Consultores (Maçons) modelos positivos. Um em cada 100 será agraciado com a honraria de Chevalier, a maior honraria concedida a um DeMolay Ativo. Cerca de dezesseis dos 100 valorizarão tanto seu tempo na Ordem DeMolay, que irão "devolver" à Ordem DeMolay, servindo como voluntários quando adultos.
Embora apenas um em cada mil jovens nos Estados Unidos entre 13 e 21 anos, se juntará à Ordem DeMolay, é interessante notar que muitos dos líderes desta nação nos negócios, religião e política pertenceram à Ordem DeMolay na adolescência. Na verdade, um em cada doze Governadores de Estado é um Sênior DeMolay e um em cada dez senadores dos Estados Unidos também é um Senior DeMolay.
Cem DeMolays... equivalem a um elevado número de líderes.

Fontes quando da elaboração do texto original:
• 1990 Censo dos Estados Unidos
• 1992 Procedimentos do Supremo Conselho Internacional
• 1992 Relatório Final DeMolay de Status de Sócios
• Março de 1993, Relatórios do Serviço DeMolay & Centro de Liderança
• Entrevistas pessoais e exames

domingo, 16 de janeiro de 2011

Vestimentas dos Seniores DeMolay‏‏

Postado por Neto 13:48 | Nenhum comentário


Nós últimos dias, temos visto que há alguns problemas de resistência de alguns DeMolays e Maçons quanto a não padronização da vestimenta dos Seniores DeMolays. Então vamos procurar esclarecer algumas coisas com relação a isto.

Primeiro, é bom lembrar a condição do Sênior DeMolay. E como sempre, é bom e salutar compará-lo a um ex-aluno desta escola de líderes. Pergunto a vocês. Quando um ex-aluno de uma escola vai visitá-la, ele deve ir com a farda da escola como os demais alunos? A resposta não pode ser outra se não negativa. Ele não precisa, embora nada o impeça de ir. Usando da analogia, meus caros Irmãos e Sobrinhos, só posso dizer que o Sênior DeMolay não tem obrigação de seguir o padrão normal da vestimenta DeMolay. Pode até ser meio chocante para os tradicionalistas, mas não é algo incomum até para outros estados.

Segundo - e está é para os seniores também - para preservar um certo decoro na escola, está pode exigir um padrão de roupas para que se entre nela. Seja aluno ou não. Algumas escolas por exemplo, não aceitam pessoas que não estejam usando calças, mesmo que não sejam alunos. Shorts, saias curtas, nem pensar. Existe um padrão de respeito, mas não um padrão definido de cores ou fardamento. Ou seja, venha à nossa escola quando quiser, mas no mínimo usando calas compridas.

Trazendo isto para a Ordem DeMolay, podemos dizer que o ex-aluno é o Sênior DeMolay. Alumni (Associação de Seniores, por exemplo), que se pronuncia "aluminái", significa associação de ex-alunos, numa tradução mais literal. Como Sênior, um DeMolay não precisa seguir um padrão de cores para a sua roupa porque ele não tem mais que usar "farda". Em compensação, terá que seguir o decoro e apresentar-se com roupa social e gravata. Estas seriam a sua "calça comprida" do exemplo anterior. Assim, existe uma exigência mínima, mas ela se atém somente, por assim dizer, às formas das roupas ou a sua matiz. Roupa social. As cores não são uma obrigatoriedade.

Vamos admitir que poderão aparecer Seniores em cores meio estravagantes ou que "não combinam". Bom, aí o problema meio que é deles. Vestir-se bem é interessante, mas seguir a moda e suas tendências não é uma obrigação em lugar nenhum. Desde que ele esteja dentro do padrão e devidamente abotoado e com a gravata num nó aceitável, ou seja, com toda a sua indumentária no lugar, não poderá deixar de assistir uma reunião que seja. Afinal, gosto não se discute. Se um prefere branco e o outro verde, fazer o que? Cada um vai com a sua camisa na cor que prefere.

Vamos aos contras, que sempre sei que falarão:
1) "Vai despadronizar a Ordem". O padrão é para ativos. Seniores e Maçons não precisam segui-los. Temos que lembrar que padrão é uma iniciativa brasileira e que a Ordem Mundial não tem isso. Claro que é muito bom os ativos fardados numa cor só. Bonito até. Mas até criaram significado para essas cores como se fosse uma coisa da Ordem em si. Não é. É organização nossa e que repetimos: "só para os ativos".

2) "Os ativos vão questionar." Questionamentos geram respostas. Se eles perguntarem, respondam e eles vão saber que os Seniores podem. Se quiser, ainda pode fazer melhor e mandar eles pesquisarem para fica sabendo. DeMolay tem que saber ir atrás do que quer saber.

3) "A Ordem perde essência". Se buscarmos a essência da Ordem, a única vestimenta é a capa, não haverá padronizaasse uma túnica por cimação etc. Por acaso já viram a cor do terno de Land nas reuniôes DeMolays? O que ele exigia era que se vistissem impecáveis no preparo, mas a vestimenta não trazia cor. Usava-se uma túnica por cima. Portanto...

O que queremos com tudo isto é pedir que não barrem seus Seniores por usarem vestimentas de cores diferentes. É um direito que lhes assiste. O Sênior não tem direito a vez e voz, logo não precisa obedecer uma série de coisas. A obediêmcia deles é moral, ética e filosófica. Talvez tenha sido essa onda de exigir muito de Seniores DeMolays, que causou essa onda de Sênior que atua como ativo. Quando você exige de alguém, ele quer algo em troca. Fato.

Seniores, vocês estão livres para usarem as vestimentas em cores variadas. Pedimos apenas que em respeito aos Maçons e Seniores mais experientes e tradicionalistas, que não abusem nas cores. Pedimos aos Maçons e Seniores mais experientes e tradicionalistas, que tolerem os Seniores mesmo com roupas um pouco menos elegantes. Direito deles.

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Como ser um DeMolay

Postado por Neto 19:41 | 1 comentário


 
O que é a Ordem DeMolay?

A Ordem DeMolay é a maior organização juvenil do mundo, para jovens do sexo masculino, que tenham entre 12 e 21 anos de idade, não necessariamente filhos de maçom. A Ordem DeMolay visa o desenvolvimento da personalidade do jovem, procurando amadurecê-lo e prepará-lo para que na maioridade ele seja um cidadão idôneo, um líder competente e um ser humano capaz de ajudar a quem necessitar.
Apesar de ser uma entidade patrocinada pela Maçonaria Universal, não se trata de um grupo de jovens maçons nem garante aos DeMolays ingresso direto em nenhum Corpo Maçônico.
A Ordem DeMolay baseia-se nas sete virtudes cardeais de um DeMolay: Amor Filial, Reverência pelas Coisas Sagradas, Cortesia, Companheirismo, Fidelidade, Pureza e Patriotismo.


Porque ser um DeMolay ?

Somente o fato de ser aceito na Ordem DeMolay já é uma grande prova de que o jovem é uma pessoa que possui grandes qualidades. Você fará parte da maior organização juvenil do mundo, com Capítulos em vários países, e no Brasil vem crescendo diariamente, sendo o segundo país que a Ordem inicia mais jovens e funda novos Capítulos, perdendo apenas para os Estados Unidos, país no qual foi fundada a Ordem DeMolay.
Os ensinamentos que lhe serão passados o tornarão um jovem mais dedicado à seus pais, à Deus, à seus amigos e à sua Pátria, para que, quando receber a maioridade, seja um cidadão de grande caráter e idoneidade moral. A Ordem prepara o jovem para que seja um líder exemplar.
Além de tudo isso o jovem encontra na Ordem DeMolay um grupo de amigos, Irmãos e Tios Maçons que poderá contar com sua ajuda em qualquer lugar do Brasil e do Mundo.


Como ser indicado para a Ordem ?

Para o jovem se tornar um DeMolay ele deve ter amor por seus pais, acreditar em Deus e freqüentar uma religião (não importa a qual religião o membro seja ligado), ter respeito pelos mais velhos, ser amigo e fiel e ser dedicado à sua Pátria, ser ainda, indicado por um membro da Ordem.
Após sua indicação, o jovem passará por um processo de sindicância, indo a votação secreta para a sua admissão na Ordem.


Como é a iniciação ?

A iniciação na Ordem DeMolay é uma cerimônia muito bonita e simbólica, na qual o jovem passará a conhecer os segredos de nossa Ordem. No processo de iniciação não haverá situações que exponha o jovem ao ridículo e ao constrangimento, também não sendo necessário nenhum tormento físico para o jovem.


Os graus da Ordem DeMolay

* Grau Iniciático: é o grau onde você aprende o
significado da Ordem, das sete virtudes cardeais de um DeMolay e da Coroa da Juventude.
* Grau DeMolay: é um grau de intensidade dramática e
de caráter administrativo.
* Senior: é quando um jovem completa 21 anos e recebe a
maioridade.


Um DeMolay ...
Um DeMolay...
Um DeMolay serve a Deus;
Um DeMolay ama e honra seus pais;
Um DeMolay é patriota na paz e na guerra;
Um DeMolay cumpre as leis;
Um DeMolay respeita todas as mulheres;
Um DeMolay é honesto;
Um DeMolay é leal aos ideais e os amigos;
Um DeMolay cumpre sua palavra;
Um DeMolay por preceito e exemplo deve preservar a boa conduta que livremente se comprometeu.
Um DeMolay é educado
Um DeMolay é puro e leal;
Um DeMolay luta contra o analfabetismo.
Os DeMolays não pretendem nem desejam tomar o lugar do lar, da igreja ou da escola, mas sim coadjuvá-los com um programa de ensinamentos, visando um boa cidadania a seus membros.

Bill Clinton e a Ordem DeMolay

Postado por Neto 19:21 | Nenhum comentário

Quem diria que um DeMolay do Arkansas passaria a liderar os EUA como o 42º presidente dos Estados Unidos?

Bill Clinton nasceu em 19 de agosto de 1946, em Hope, Arkansas, três meses depois que seu pai morreu em um acidente de trânsito. Quando tinha quatro anos, sua mãe casou-se com Roger Clinton, de Hot Springs, Arkansas. No colegial, ele adotou o nome de seu padrasto.
Clinton em uma de suas passagens por Brasília
Clinton foi um saxofonista talentoso. Ele chegou a considerar a hipótese de se tornar um músico profissional. No ensino médio, enquanto serviu como um delegado do “Boys Nation”, ele conheceu o presidente John Kennedy, o que levou ao seu desejo de se tornar um político.
Depois de se formar pela Universidade de Georgetown, Clinton ganhou uma bolsa de estudos Rhodes na Universidade de Oxford. Em 1973, ele concluiu seu curso de Direito na Universidade de Yale, e entrou na política em Arkansas. Em 1975, casou-se com Hillary e, em 1980, sua única filha, Chelsea, nasceu.
Em 1976, Clinton foi eleito procurador-geral do Arkansas, e tornou-se governador em 1978. Ele perdeu na candidatura para reeleição, mas recuperou o cargo quatro anos depois, servindo como Governador até vencer a corrida presidencial de 1992. Em 1996, Clinton foi reeleito presidente. Durante a administração Clinton, os EUA desfrutaram de mais paz e bem-estar econômico do que em qualquer momento da história. O país contou com a menor taxa de desemprego dos tempos modernos, a menor inflação em 30 anos, com queda nos índices de criminalidade em muitos Estados.
Clinton foi iniciado no Capítulo “Hot Springs” em Hot Springs, Arkansas, em 1961, onde atuou como Mestre Conselheiro. Ele recebeu o Chevalier em 1964, e a Legião de Honra em 1979. Clinton foi introduzido no Hall da Fama DeMolay em 01 de maio de 1988.
Uma ação sintetizou o amor e gratidão de Clinton pela Ordem DeMolay quando, durante uma visita às Filipinas, em novembro de 1996, para a cúpula da APEC, Clinton colocou seus seguranças desorientados quando decidiu fazer um vôo de helicóptero para uma reunião não programada da Ordem DeMolay. O Jornal Philippine Daily Inquirer informou: "Em uma clara violação do protocolo, Clinton - o mais observado e muito bem guardado homem do mundo - fez uma parada não-programada de voar de Subic para Quirino para receber um prêmio da filial local de um grupo maçônico juvenil do qual ele era membro. Clinton reuniu-se com um grupo da Ordem DeMolay das Filipinas para receber o Prêmio de Grão-Mestre da Cruz de Malta pelo seu excelente serviço e preocupação constante para o bem-estar e desenvolvimento da juventude.”

Palavras de Bill Clinton sobre a Ordem DeMolay:

"Por 69 anos, a Ordem DeMolay tem preparado jovens para se tornarem melhores cidadãos e líderes para o nosso país. Minha experiência na Ordem DeMolay me deu a confiança para desenvolver minhas habilidades como orador, membro de equipe e líder, e depois em perceber e realizar meus sonhos. Eu sempre serei grato pela orientação dada a mim por meus amigos na Ordem DeMolay.”

Eu cresci em uma família com pouco dinheiro e sem influência política. Minha mãe ficou viúva quando eu nasci. Eu tinha um monte de obstáculos. Muita gente me ajudou. Então, não importa quais sejam as circunstâncias quando você começar, e sim onde você chega no final. A Ordem DeMolay, eu penso que ajuda nisso. Ela treina as pessoas a acreditar que, se os seus valores são bons, você desenvolve sua mente, você trabalha duro – e quando você começa, você pode terminar em um lugar muito bom".

"Cada geração precisa ter um grupo de pessoas que realmente entende o que está acontecendo e pode chamar outras pessoas para fazer sacrifícios e tomar decisões, e tomar as medidas que devem ser tomadas nesse tempo para sustentar o país. E ambas as coisas são coisas que DeMolay atende".

Priorado

Postado por Neto 13:51 | Nenhum comentário


    A "Ordem dos Nobres Cavaleiros", ou a "Ordem da Cavalaria", este último sendo a tradução do inglês de "Order of Knighthood", é uma organização complementar de DeMolays mais velhos trabalhando dentro da armação da Ordem DeMolay. O programa da Cavalaria é composto de DeMolays ativos entre 17 a 21 anos de idade que estão organizados em uma unidade subordinada conhecida como "Priorado" com seus próprios oficiais e ritual.

    A "Ordem dos Nobres Cavaleiros", cujo nome oficial é "Nobres Cavaleiros da Ordem Sagrada dos Soldados Companheiros de Jacques DeMolay" NÃO É UMA HONRARIA OU PRÊMIO, e sim um corpo trabalhador cujo propósito é de estender a camaradagem e dar serviço à Ordem DeMolay.
    As principais funções de um Priorado são:
- Estender e ajudar a Ordem DeMolay e seus Capítulos;
- Manter o interesse ativo dos DeMolays mais velhos;
- Fornecer um programa interessante para os membros do Priorado e;
- Fornecer e manter o próprio exemplo para todos os DeMolays.

   A História da Ordem dos Nobres Cavaleiros

    A Ordem dos Nobres Cavaleiros fez sua estréia em 1946, quando foi exemplificada perante o Grande Conselho - hoje conhecido como Supremo Conselho Internacional. O ritual foi devidamente aprovado e os Priorados foram autorizados a se organizarem. Os primeiros membros do Priorado eram DeMolay's de 18 a 21 anos de idade e de grande posição em seus Capítulos. As atividades dos Cavaleiros consistiam de programas sociais e educacionais, destinadas aos jovens mais velhos que estavam na faculdade ou empregados.

    O primeiro Priorado começou pelo Capítulo Mãe em Kansas City, Missouri, E.U.A., e foi concedido em sua carta em 27 de outubro de 1947. Em 10 de janeiro de 1948, o Priorado Mãe fez sua primeira Investidura no Ivanhoe Masonic Temple, com Everett L. Davis prescindindo como o primeiro Ilustre Comandante Cavaleiro. Todos aqueles que se tornaram os primeiros Sir Cavaleiros, eram membros do Capítulo Mãe. As esporas usadas na primeira Sessão da Cavalaria estão em exposição no Frank S. Land Memorial, bem como um programa da primeira investidura.

    Os cargos de um Priorado são:

01 – Ilustre Comandante Cavaleiro;
02 – Sir Comandante Escudeiro;
03 – Sir Comandante Pagem;
04 – Sir Protocolista;
05 – Sir Preceptor;
06 – Sir Sacristão;
07 – Sir 1º Diácono;
08 – Sir 2º Diácono;
09 – Sir Capelão;
10 – Sir Sentinela;
11 – Sir Porta Estandarte.

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

História de Jacques DeMolay

Postado por Neto 11:42 | Nenhum comentário

Jacques DeMolay nasceu na cidade de Vitrey na França no ano de 1244 e já aos 21 anos, DeMolay se juntou a Ordem dos Cavaleiros Templários.
Também chamada de Ordem dos Pobres Cavaleiros de Cristo e do Templo de Salomão , esta ordem foi fundada em 12 de junho de 1118 em Jerusalém pôr Hugo de Payens, Cavaleiro de Burgúndia e Godofredo de Sain t' Omer.
A Ordem dos Templários participou das cruzadas e ganhou reconhecimento pelo seu valor e heroísmo, e a mercê dos bens tomados dos seus inimigos vencidos, ou doados à ordem, chegaram a ser grandes financeiros e banqueiros internacionais, os soberanos da Europa necessitados de dinheiro passaram a invejar sua riqueza.
A ordem foi um dos repositórios de sabedoria oculta na Europa durante os séculos XII e XIII, porém seus segredos só eram transmitidos a alguns membros em seção religiosa sob estrito sigilo. Da&i acute; naturalmente, a razão de lhe haverem os leigos atribuídos as mais horríveis práticas e histórias infamadas.
Em 1298, Jacques DeMolay foi nomeado grão mestre, uma posição de grande prestigio. Como grão mestre Jacques Demolay ,entretanto ,estava numa posição difícil. As cruzadas não estava m atingindo seu objetivo. Os sarracenos derrotaram os cruzados em batalhas e capturaram muitas cidades.
Em vez de apoio público, os Templários atraíram atenção dos lados poderosos, que estariam interessados em obter poder e riqueza, mas ninguém poderia prever o seu fim brusco e trágico. Con servando-se ainda poderosamente rica, credora do Papa e da corte da França, suas posses passaram a ser avidamente cobiçadas. Em 1305, Felipe o Belo, rei da França tentou obter controle dos Templários, mas não obteve suce sso.
O ano de 1307 foi o começo das perseguições aos cavaleiros Templários. A Europa já contava com cerca de 704 Conventos e Comendadorias.
No dia 12 de outubro de 1307, quinta feira, o 22° Grão Mestre dos Templários, Jacques DeMolay estava assistindo aos funerais de uma princesa da casa real da França. Estava ele um pouco nervoso, pois corriam boatos s obre os desígnios do rei da França Felipe o Belo. No ano precedente, o rei Felipe IV da França, tinha solenemente recebido os esquadrões da Ordem que o visitaram na França, onde no centro de Paris, possuíam o famo so castelo do templo, sede geral da Ordem. Porém o Grão Mestre nesta viagem tinha cometido o erro de comparecer perante o rei com uma escolta de sessenta Templários pertencente à alta nobreza e ostentando o enorme tesouro que t inha trazido da Palestina para ser guardado do templo. Filipe verificara que os TEMPLÁRIOS, representavam uma força verdadeira. Um estado poderoso dentro da França.
Jacques DeMolay recusava-se a acreditar que o rei fosse seu inimigo e ainda o defendeu perante todos os Templários desconfiados, declarando que " tinha certeza da lisura do rei" . Assim após o funeral, o Grão Mestre tinha se retirado na " Ville Neuve du Temple" que era a sede européia da ordem, respirando um pouco mais aliviado na sua fortaleza. No fim da tarde , todos os oficiais espalhados pelo reino e que representavam o poder do rei da França, estavam abrindo uma carta levando o selo do real e contendo instruções secretas e trágicas. Estas cartas estavam sendo lidas no mesmo momento em todos os municípios e cidades da França, nesta noite terrível de 12 para 13 de outubro de 1307. Ao ler o conteúdo da mensagem, os oficiais reais ficaram cheios de medo, pois tratava-se n ada mais que prender o Grão Mestre e seus Templários, que eram hóspedes de honra do rei da França; e isto com a autorização do Papa.
Como o Papa Clemente V devia sua posição em Avinhão às intrigas do rei, foi fácil a sua aquiescência. Essa macabra tarefa foi muito ajudada pelo ex-cavaleiro Esquieu de Floyran, o qual, pessoalme nte interessado na desmoralização da ordem, contra ela levantou as mais duvidosas acusações. Essas acusações foram sofregamente aceitas pôr Felipe IV, que numa sexta-feira, 13 de outubro de 1307, mandou pren der todos os Templários da França e o seu Grão Mestre, Jacques DeMolay, os quais submetidos a inquisição, foram por esta acusados de hereges.
Os sinos da igreja batiam às três horas da manhã, quando, em todo o território francês as casas do templo estavam a ponto de serem invadidas soez e covardemente. Em Paris, foi pessoalmente o guardi&atild e;o do selo do rei Guilherme de Nogaret que quis liderar a infame expedição contra o próprio Grão Mestre .Todos os Templários que acompanhavam o Grão Mestre, bem assim, como os outros espalhados nos Conventos e Co mendadorias cerca de 138, foram postos nas prisões do estado, onde executando-se ordens pessoais do rei, deviam imediatamente, ser interrogados pelos comissários da Inquisição para confessarem "suas culpas" devendo ser e mpregado a tortura , entre as acusações mais sérias que instruíram o processo contra os cavaleiros Templários, figuravam as de apostasia da fé, idolatria e heresia, além dos pecados contra a natureza.
Depois de torturas, confissões e execuções, Clemente V oficialmente aboliu a Ordem dos Cavaleiros Templários no dia 22 de março de 1312.
Assim debaixo da tortura todos os acusados confessaram aqueles procedimentos mas vimos depois que o Grão Mestre quando aos 14 de março de 1314 solicitou ser ouvido outra vez , e quando os inquisidores pensavam que outrora altivo Grão Mestre, iria implorar perdão ao rei e misericórdia ao Papa, Jacques DeMolay disse:
-" Eu penso que isto é certo" ele começou. "Que ao menos num só momento eu devo falar a verdade. Ante o céu e a terra, e com todos vocês como minhas testemunhas, eu admito que a ordem é culpad a de grossa iniquidade. Mas a iniquidade é que eu tenho mentido em admitir as acusações contra a ordem. Eu declaro que a ordem é pura e santa e está além da questão. Eu tenho realmente confessado que a orde m é culpada, mas tenho feito isto para somente me salvar de terríveis torturas.
Vida é oferecida para mim, mas ao preço de infanidade. Neste preço, vida não vale a pena."
Felipe se sentiu atingido nos seus brios de monarca absoluto que dois dias depois pronunciara ele próprio a sentença de condenação de Jacques DeMolay, que devia morrer na fogu eira como réu de crimes infames, heresia, sodomia, mas na verdade pelo delito de.... Lesa Magestade!
Sobre o rio Sena em Paris, na ilha hoje denominada de Vert Galant, anteriormente ilha dos judeus ocorreu o holocausto de Jacques DeMolay e dos Cavaleiros Templários.
A armação da fogueira requeria muita habilidade; homens encapuzados e fortes dispunham as achas de lenha grossa de forma adequada, mais alta que a estatura do homem, o fogo não poderia ser apagado até que o c orpo ficasse completamente destruído. No alto da fogueira, o Grão Mestre dos Templários, Guy D'Auvergnie e o preceptor da Normandia Godofredo de Charnay estavam amarrados a estacas, lado a lado, e voltados para a sacada real. Haviam c olocados na cabeça de todos a infamante mitra de papel dos Hereges.
Jacques DeMolay assiste impassível e como indiferente aos preparativos de seu trágico suplício sem um queixume, sem um gesto de desespero que significasse covardia perante a morte. E quando o frade encarregado dos r esponsos avançava de crucifixo na mão e o concita a arrepender-se dos crimes contra a religião, o Grão Mestre responde com a serenidade dos justos: "Guardei, ó frade vossas orações para o Papa que esse s im vai precisar delas!". O olhar do rei e do Grão Mestre se cruzaram, mediram-se, prenderam-se um ao outro, retiveram-se mutuamente. O rei fez um gesto com a mão e carrasco meteu a estopa acesa entre os feixes da lenha e de cavacos da fogueira . O vento mudou e a fumaça de segundo em segundo mais espessa e mais alta, envolveu os condenados cerca de 54 , escondendo-os quase da multidão.
O preceptor da Normandia foi o primeiro atingido. Teve um leve movimento de recuo quando as línguas de fogo começaram a lambê-lo e seus lábios se abriram muito, como procura-se inutilmente respirar um ar que l he fugia. Seu corpo, apesar da corda dobrou-se em dois. O fogo dançava em torno dele. Depois um torrente acinzentada de fumaça engoliu-o, quando se dissipou Godofredo de Charnay estava em chamas bramindo e arquejando, tentando-se libertar da estaca fatal que tremia sua base. Via-se que o Grão Mestre lhe gritara algo, mas a multidão produzia um rumor tão forte no momento que para conter seu horror só se pode ouvir a palavra " Irmão" duas vezes lan&cce dil;adas. O Grão Mestre ainda não havia sido tocado. Os carrascos atiçavam o fogo com grandes ganchos de ferro. Depois subitamente houve um desmoronamento do braseiro e reavivadas as chamas atiraram-se contra ele. De repente a palavra do Grão Mestre surgiu da cortina de fogo e com uma força irresistível com voz que já era quase do além Jacques DeMolay disse:
-"Vergonha! Vergonha! Vós estais vendo morrer inocentes. Vergonha sobre vós todos. Deus julgará".
A chama flagelou-o, queimou-lhe a barba, calcinou em um segundo sua mitra de papel e acendeu seus cabelos bran cos. O rosto em fogo do Grão Mestre estava voltado para a sacada real e com voz terrível, gritou: " NEKAN, ADONAI !!! Chol-Begoal!! PAPA CLEMENTE... CAVALEIRO GUILHERME DE NOGARET... REI FELIPE: INTIMO-OS A COMPARECER PERANTE AO TRIBUNAL DE DEUS DENTRO DE UM ANO PARA RECEBEREM O JUSTO CASTIGO. MALDITOS! MALDITOS! TODOS MALDITOS ATÉ A 13°GERAÇÃO DE VOSSAS RAÇAS !".
Os gases letais interromperam o anátema e DeMolay dobrou-se e perdeu os sentidos. O impacto inesperado deixou a multidão estupefacta. Não esperavam essa reação, mas cad a um sentiu em si o peso da injustiça e a certeza que a maldição se cumpriria. Quarenta dias depois Felipe e Nogaret receberam uma mensagem "o Papa Clemente morrera". Felipe e Nogaret olharam-se e empalideceram, no pergaminho dizia qu e a morte ocorrera entre o dia 19 e 20 de abril. O Papa Clemente morreu pôr ingerir esmeraldas reduzidas a pó( para curar sua febre e um ataque de angústia e sofrimento) que provavelmente cortaram seus intestinos. O remédio foi receitado por médicos d esconhecidos, quando retornava a sua cidade natal.
Guilherme de Nogaret veio a falecer numa manhã da terceira semana de Maio, envenenado por uma vela feita por Evrard, antigo Templário, com a ajuda de Beatriz d'Hirson. O veneno contido na vela era composto de dois pó ;s de cores diferentes:
- Cinza: Cinzas da língua de um dos irmãos de d'Aunay , elas tinham um poder sobrenatural para atrair o demônio.
- Cristal Esbranquiçado: "Serpente de faraó" Provavelmente sulfocia de mercúrio. Gera por combustão: Ácido Súlfurico, vapores de mercúrio e compostos anídricos podendo assim provoc ar intoxicações.
Morreu vomitando sangue, com câimbras, gritando o nome daqueles que morreram por suas mãos.
Felipe o Belo veio a morrer em 27 de Novembro de 1314, com 46 anos de idade, em uma caçada. Saiu a caçar com seu camareiro, seu secretário particular e alguns familiares na floresta de Pont-Sainte-Maxence. Sempre acompanhado de seus cães foram em busca de um raro cervo de 12 galhos visto perto ao local. O rei acabou perdendo-se do grupo e encontrou um camponês que o ajuda a localizar o cervo. Achando-o e estando pronto a atacar-lhe percebeu uma cruz que brilhava, começou a passar mal e caiu do cavalo. Foi achado por seus companheiros e levado de volta ao palácio repetindo sempre " A cruz, a cruz.." .Pediu como o Papa Clemente em seu leito de morte que fosse levado a sua cidade natal ; no caso do rei, Fontainebleau.
" A mão de Deus fere depressa, sobretudo quando a mão dos homens ajuda" teria dito um dos Templários remanescentes, jurando vingança.

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Os Graus da Ordem DeMolay

Postado por Neto 15:16 | Nenhum comentário


Ritual do Grau de Cavaleiro
 
Ritual dos Graus DeMolay e Iniciático
















Ritual do Grau do Ébano


Grau Iniciático

Pré-requisitos: Ser convidado à ingressar na Ordem por um DeMolay, Sênior DeMolay ou um Maçon; preencher o formulário de ingresso; crer em Deus ou em um Criador Supremo; ser aprovado em Sindicância própria e passar por uma Cerimônia Magna de Iniciação em um Capítulo DeMolay regular qualquer.

Idade necessária: 12 anos completos e 21 anos incompletos.

É a primeira instrução, por assim dizer, que passam àqueles que definitivamente ingressam na Ordem DeMolay. Um período de instrução que proporciona ao membro conhecer e assimilar um pouco da filosofia DeMolay, seguindo as virtudes que lhes são apresentadas em nossas cerimônias.

Durante o grau iniciático, serão observados todos os trabalhos que o recém iniciado realizará junto ao grupo, com intuito de desenvolver a Ordem, ajudar o próximo e menos favorecidos, seguir as virtudes e aprender sobre a Ordem DeMolay.

 
Grau DeMolay

Pré-requisitos: Possuir o Grau Iniciático; ter boa frequência nas Reuniões e atividades do Capítulo e ser aprovado no exame de proficiência.

Idade necessária: 12 anos completos e 21 anos incompletos.

O grau DeMolay vem trazer uma lição de vida inspirada na história da Ordem DeMolay, é a oportunidade de acesso a uma parte da história da humanidade de que pouco se fala. Uma vez assistido este grau, o jovem acrescenta a seu caráter uma grande lição que lhe ajudará no decorrer de sua vida.

Neste grau, o espírito de liderança se desenvolve, ficando o jovem apto a administração de seu Capítulo, a grande vantagem é que quando um DeMolay assume a liderança das atividades de seu Capítulo, já possui uma grande bagagem de instrução, conhecendo as necessidades e carências a serem resolvidas.

Uma vez alcançado esse Grau, o jovem DeMolay passa a poder ocupar cargos e compor o Corpo de Oficiais do Capítulo.

 
Grau de Cavaleiro

Pré-requisitos: Possuir o Grau DeMolay, ser regular em seu Capítulo.

Idade necessária: 17 anos completos ou 16 anos com autorização do Grande Mestre Estadual e 21 anos incompletos

Além de seus dois graus (grau Iniciático e DeMolay), a Ordem DeMolay possui mais dois "graus ritualísticos", chamados de Ordem. Assim como a Maçonaria possui o Corpo das Lojas de Perfeição após as Lojas Simbólicas, a DeMolay possui um segundo corpo denominado de Nobres Cavaleiros da Ordem Sagrada dos Soldados Companheiros de Jacques DeMolay (Nobres Cavaleiros) que é constituído por duas Ordens: a Ordem de Cavalaria e a Ordem do Ébano.

Estas duas ordens possuem seus próprios Rituais Secretos e os Cavaleiros (chamados de Sir) se reúnem em Priorados (e não em Capítulos).

Um DeMolay que possui a idade de 17 anos e não completou seus 21 anos, está regular em seu Capítulo e possui os Questionários de ambos os graus memorizados, pode solicitar o ingresso em um Priorado dos Nobres Cavaleiros.

A Cerimônia de Investidura é muito profunda e se inspira na cerimônia utilizada pelos templários. O DeMolay se rededica às Sete Virtudes Cardeais que passam ser chamadas de as Sete Grandes Luzes.


Grau do Ébano

Pré-requisitos: Possuir o Grau de Cavaleiro.

Idade necessária: 19 anos completos.

A partir dos 19 anos de idade, um Nobre Cavaleiro têm o direito de ser investido nesta Ordem. Ela ensina as últimas lições aos DeMolays que estão prestes a cruzarem o Portal da Maioridade. De significado profundo (Ébano significa escuridão), o Ritual encerra uma descrição das dificuldades que encontramos em nossas vidas diárias.

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

O que é a Ordem da Cavalaria???!!!

Postado por Neto 17:35 | Nenhum comentário


A Ordem da Cavalaria é uma Organização paralela de antigos DeMolays. O programa da Cavalaria é para DeMolays Ativos entre 17 e 21 anos de idade que são organizados em um denominado PRIORADO com seus próprios Rituais e Oficiais.

O nome oficial da Ordem da Cavalaria é: "Nobres Cavaleiros da Ordem Sagrada dos Soldados Companheiros de Jacques DeMolay". Não é um Grau Honorífico ou um prêmio, mas um Corpo de trabalho cujo propósito é o de estender servir a Ordem DeMolay.

As principais funções de um Priorado de Nobres Cavaleiros são:

Desenvolver e apoiar a Ordem DeMolay e os seus Capítulos.

Manter o Interesse e a dedicação dos DeMolays antigos.

Providenciar um programa de atividades para os membros do Priorado.

A Ordem da Cavalaria foi criada em 1946, quando foi apresentada perante ao Supremo Conselho Internacional. Através dos anos, as atividades dos Cavaleiros têm consistido de programas sociais e educacionais voltados para os DeMolays mais antigos, com ênfase especial ao planejamento de uma carreira e atividades em grupo, uma vez que é nesta faixa etária que o jovem começa a definir seus objetivos profissionais. A Ordem da Cavalaria possui dois graus: O Grau de Cavaleiro e O Grau do Ébano. Ao completar 17 anos de idade, todo DeMolay regular em seu Capitulo tem o direito de ser investido na Ordem da Cavalaria e com 16 anos com a autorização do Grande Mestre Estadual, sendo o Priorado proibido de realizar sindicância, Escrutínio, ou cobrança de qualquer espécie de questionário ou trabalho para avaliação dos conhecimentos do DeMolay à ser investido. Atingindo a idade de 19 anos, o jovem Cavaleiro deve ser automaticamente investido no Grau do Ébano.

O jovem que desejar ser investido nos graus da Cavalaria deve solicitar uma proposta ao protocolista do Priorado, e pedir ao Consultor de seu Capítulo que assine no local Indicado. É a assinatura do Consultor que garante que ele é um DeMolay ativo em seu Capítulo, que não está suspenso, e que está em dia com suas obrigações, não havendo, portanto nada que desabone seu ingresso nas fileiras de um Priorado de nobres Cavaleiros. A proposta também deve ser assinada por dois Cavaleiros, porém alertamos aos Cavaleiros que não utilizem Isto como forma de seleção, só assinando uma proposta após ter consultado os membros do seu Priorado.

No momento de sua investidura no Priorado, ele deve apresentar o seu Cartão de Regularidade DeMolay em dia, e o cartão do seu último exame de proficiência, já que no decorrer de sua Cerimônia de Investidura, ele deverá lembrar de todas as promessas feitas perante o altar de seu Capítulo. Em último caso, se o Cartão de proficiência não tiver sido emitido pelo Capítulo do Candidato, o 1º Diácono do Priorado deve realizar o exame de proficiência antes da Investidura, e o Priorado emitirá um novo cartão de proficiência.

Obs.: O exame de Proficiência, consiste na cobrança dos questionários dos Graus Iniciático e DeMolay, pelo 1º Diácono do Capítulo, em reunião secreta do Capítulo, conforme consta em nossos rituais na parte questionário para exame. Ao ser aprovado, o DeMolay receberá o Cartão de Proficiência, emitido pelo Secretário do Capitulo. É necessário, portanto que os Diáconos dos Capítulos e Priorados, assim como todo DeMolay, tenham estes questionários corretamente memorizados, já que no momento do exame eles não poderão estar portando o mesmo.

A Ordem da Cavalaria é para DeMolays que já tenham completado 17 anos e que ainda não atingiram 21 anos, porém, no momento da Instalação de um novo Priorado.

Para ser Oficial de um Priorado, inclusive Ilustre Comandante Cavaleiro, o Cavaleiro não precisa possuir o Grau do Ébano, pois neste grau, todos os cargos são simbólicos, podendo serem ocupados por qualquer Cavaleiro que o possua; E ao contrário do Capitulo, onde todo assunto deve ser tratado em sessão administrativa do Grau DeMolay, sem a participação dos iniciáticos, no Priorado os Assuntos são tratados em sessão aberta no Grau da Cavalaria, com a participação de todos os Cavaleiros.

Nas convocações (denominação correta das reuniões de um Priorado) e nas correspondências dos Priorados, usamos o tratamento de "Sir,"' porém, este tratamento não deve ser usado nos Capítulos e outros Corpos Subordinados da Ordem DeMolay, onde usamos o tradicional "Irmão", mesmo ao nos dirigirmos a um Cavaleiro.

Os paramentos do Priorado (Colar verde de oficial, espadas e faixa de não-oficial) não devem ser usados fora das convocações dos Priorados, exceto quando o Priorado tiver sido convidado para conduzir ou tomar parte em uma cerimônia de Capítulo, ou em uma Cerimônia de Apresentação da Ordem DeMolay.

Alguns serviços que podem ser realizados pelo Priorado:

Conduzir Cerimônia de Maioridade;

Conduzir Cerimônia em Memória;

Servir como técnicos representantes ou árbitros em eventos esportivos;

Participar em projetos de apresentação da Ordem DeMolay na Maçonaria.


OBSERVAÇÕES GERAIS

Não devemos confundir o Grau Honorifico de Chevalier com o Grau de Cavaleiro, já que o primeiro é uma honraria da Ordem DeMolay existente no Brasil, conferido pelas Cortes de Chevalier e o segundo é um Grau que qualquer DeMolay maior de 17 anos pode receber, ao requisitar Ingresso em um Priorado.

Da mesma forma que não devemos usar os termos "grau 1" e "grau 2", ao nos referimos aos Graus lniciátíco e DeMolay, não é correto usar "Grau 3" e "Grau 4" em referência ao Graus da Cavalaria e do Ébano, pois estes são partes da Ordem da Cavalaria, não constituindo um caminho obrigatório para o DeMolay, mas sim uma forma de manter aceso o interesse dos DeMolays mais velhos, e abrir espaço para que os DeMolays mais novos ocupem funções de responsabilidade nos Capítulos. O Grau de Chevalier, também não deve ser representado por qualquer número.

Termos como Iniciação, Elevação e Exaltação não podem ser usados nos Priorados e Cortes. Os termos corretos são: Investidura nos Graus da Cavalaria (Investidura no Grau de Cavaleiro e Investidura no Grau do Ébano) e Investidura ao Grau de Chevalier.

Outras funções de uma Corte de Chevalier e de um Priorado de Cavaleiros podem ser encontradas em seus Estatutos, cujos modelos se encontram em nosso Supremo Conselho.

Curiosidades sobre a Ordem DeMolay

Postado por Neto 17:02 | Nenhum comentário


• Em 1994 a Ordem DeMolay completou 75 anos de existência. Houve uma grande festa nos Estados Unidos comemorando o Jubileu de Diamante.

• Apenas o Brasil, Austrália, Canadá e Filipinas possuem Supremos Conselhos próprios. Os demais países (como Japão, Alemanha, Panamá, Itália,Bolívia, Paraguai) estão ligados ao Supremo Conselho Internacional, em Kansas City.
• Os EUA, com seus 75 anos de Ordem DeMolay, possuem mais de 800 Capítulos (em 1994).
• O Brasil em apenas 17 anos de Ordem DeMolay, ultrapassou o número de 320 Capítulos.
• O primeiro Capítulo a ser fundado no Brasil é o Rio de Janeiro, fundado em 16 de Agosto de 1980, e teve como primeiro Mestre Conselheiro o Irmão Jorge Mansur, filho do Tio Alberto Mansur, que trouxe a Ordem ao Brasil.
• O Supremo Conselho da Ordem DeMolay para o Brasil foi fundado em 12 de Abril de 1985.
• O Supremo Conselho da Ordem DeMolay para o Brasil fundou Capítulos na Itália, Bolívia, Paraguai e está para fundar na Argentina.
• Hoje o Brasil o único Supremo Conselho regular perante o DeMolay International é o Supremo Conselho da Ordem DeMolay para a República Federativa do Brasil SCODRFB fundado em 2004.
• Desde a fundação em 1919, mais de UM MILHÃO de jovens já se ajoelharam perante os altares da Ordem DeMolay.
• DeMolays ilustres: John Wayne, Walt Disney, Bill Clinton, Bob Mathias, Elmer Lower, Alvin Dark, Walter Cronkite etc...
• A Ordem DeMolay ainda ensina os mesmos sete princípios básicos sob o s quais seus membros devem basear suas vidas: Amor Filial, Reverência pelas Coisas Sagradas, Cortesia, Companheirismo, Fidelidade, Pureza, e Patriotismo.

A Ordem tem vídeos educacionais que conduzem os jovens nas dificuldades que enfrentam e a necessidade de lutar e resistir contra as outras tentações que existem na sociedade. Esses vídeos são utilizados por escolas, departamentos de polícia, grupos religiosos e outras organizações.

O DeMolay tem um processo de alta seleção no programa de adultos voluntários em todos os níveis de sua organização para assegurar que seus jovens estão a salvo e seguros no meio DeMolay.

A Ordem DeMolay lida com temas comuns aos jovens, como drogas e abuso do álcool, AIDS, gravidez adolescente, proteção ao meio- ambiente, e a necessidade de conseguir uma ótima educação.